Blog

10 acessórios essenciais para passeios de bicicleta

Se você não quiser acabar com a alegria das suas pedaladas, é melhor levar sempre os acessórios essenciais que vamos aconselhar e alguns outros altamente recomendados, dependendo do tipo de passeio.

Acessórios essenciais

Equipamento básico de ciclismo

Antes de comentar sobre os acessórios, já tomamos como certo que você tem a bicicleta revisada e em boas condições, as roupas certas, o capacete, óculos de ciclismo e água e comida adequada para a rota que vai fazer. Se não, é a primeira coisa que você tem que se preocupar e recomendamos que veja os artigos e vídeos relacionados que sugerimos no final do texto. E, se você não possui algum desses itens, irá encontrar a melhor variedade e marcas emmammothbikes.com.

Além desses elementos essenciais, você deve sempre levar seu celular carregado, um documento de identificação pessoal e informações sobre o grupo sanguíneo e possíveis alergias.

Pensando que você já resolveu tudo isso, vamos nos concentrar nos acessórios e complementos essenciais e outros altamente recomendados para que os passeios de bicicleta sejam satisfatórios e você possa enfrentar as dificuldades ou avarias mais frequentes.

Acessórios essenciais

Acessórios essenciais

Multiferramenta

Essencial para a grande maioria dos reparos de emergência que podemos enfrentar no caminho, recomenda-se que você carregue pelo menos: chaves Allen de 2 a 8 mm., chave de torque de 25 e chave de fenda plana e estrela. Os kits mais completos também levam um gancho para segurar a corrente, ferramenta de corrente, chave de aros e até mesmo removíveis.

Câmara de reposição

Mesmo que tivermos pneus sem câmara, devemos sempre transportar pelo menos uma câmara, certificando-se de que é o tamanho e o tipo de válvula em nossas rodas. (26", 27,5" ou 29", e válvula fina ou gorda)

Bomba de ar e/ou cartuchos de CO2

Sem esses acessórios, será impossível inflar um pneus e, portanto, fazer a reparação. É aconselhável levar ambos, porque o cartucho infla a roda em segundos, algo muito confortável no caminho, mas, se acabar, teremos que usar a bomba. Para expandir as opções, em caso de necessidade, é muito útil levar um adaptador de bomba fino a gordo, que é um acessório minúsculo, mas pode nos tirar de uma boa enrascada ou nos permitir usar um compressor de posto de gasolina com uma válvula fina.

Kit de reparo de perfuração

Que deve conter espátula de pneu, remendos tradicionais ou auto-adesivos para câmara e, se equiparmos pneus sem câmara, algum sistema de reparo de pneus, como malha, pasta de reparo ou remendos internos. Neste vídeo, mostramos as emergências mecânicas mais comuns relacionadas às rodas e como repará-las:Mecânica de emergência em rodas

Kit de reparo de corrente

Chave de corrente e pinos ou elos rápidos são os elementos básicos para resolver uma quebra de corrente, sem a qual, é impossível continuar o passeio com a bicicleta. Tenha em mente que os pinos e os elos são diferentes dependendo do número de velocidades para as quais a corrente foi desenhada, e também é essencial que você saiba como usá-los e que pratique antes que uma avaria surja. Mas vamos tornar isso muito fácil para você, porque temos um vídeo no qual explicamos Como trocar e reparar uma corrente de bicicleta.

Acessórios altamente recomendados

Gancheira de câmbio

A ponteira ou gancheira do câmbio atua como um fusível para evitar danos ao quadro quando o câmbio sofre impactos ou puxões fortes. Embora não seja muito comum, a sua torção ou quebra é uma falha com a qual devemos contar, pois impedirá que continuemos pedalando. A única opção é ignorar o câmbio, encurtar a corrente e deixar a bike em uma combinação fixa (velocidade única). É conveniente carregar e aprender a substituir a patilha (ou ponteira), mas, mesmo que não saibamos, se o carregarmos, sempre temos a possibilidade de que alguém possa nos ajudar a fazê-lo. Se não, não há chance. As ponteiras não são padrão e temos que procurar as adequadas para nosso modelo de bicicleta. Neste vídeo explicamos tudo sobre os tipos de ponteira de câmbio e, neste outro, como deixar a bicicleta singlepeed para continuar a pedalada na ausência de ferramentas e peças adequadas.

Bolsa ou mochila

Todos os acessórios que vimos podem ser acoplados na própria bike com suportes projetados para esse fim ou com o moderno sistema de integração oferecido por inúmeras marcas de acessórios como Specialized, Syncross (Scott), Giant e Topeak. Essas marcas pioneiras, que você encontrará na Mammoth, desenvolveram sistemas de armazenamento nos próprios quadros, em gaiolas de garrafas, no guidão, nos tubos de direção e até mesmo no eixo inferior (Giant).

Mas, se não tivermos esses sistemas e não quisermos distribuir tudo nos bolsos da camisa, é altamente recomendável usar uma bolsa de selim ou uma mochila.

Seja em bicicletas de MTB, urbanas ou de estrada, podemos colocar toda a ferramenta básica na bolsa do selim e sempre tê-las prontas na bike, sem o risco de esquecer ou perder algo, e pronto para começar a pedalar. Na estrada, acima de tudo, é comum usar uma garrafa porta-ferramentas, em vez da bolsa. E, se levarmos uma mochila de hidratação ou pochete, podemos levar todos os acessórios dentro.

Odômetro ou GPS

Ter um dispositivo para registrar nossa atividade é recomendado para todos os tipos de ciclistas, mesmo aqueles que estão apenas começando.

  • Em seu uso mais básico, conhecer os dados básicos de nossas saídas, como distância percorrida, tempo e velocidade, nos ajuda a controlar o esforço feito e ajustá-lo às nossas possibilidades, ou ver nossa evolução. Para este uso elementar, existem odômetros que começam a partir de preços muito acessíveis
  • Em um segundo nível ou etapa de uso recreativo, dispositivos com GPS nos permitem gravar e preservar as rotas que fazemos e até mesmo seguir rotas de outros que podemos baixar de inúmeras fontes.
  • E, para ciclistas avançados, os dispositivos e aplicativos mais completos são ferramentas poderosas para planejar e realizar exercícios.

Suportes e estojos para smartphones

Para registrar a atividade e usar as funções de navegação, também podemos usar smartphones modernos, que têm inúmeras aplicações para ciclismo. Eles têm algumas desvantagens devido à sua maior fragilidade, no que diz respeito a dispositivos específicos, mas seu uso se espalhou. Se optar por essa opção ou simplesmente quiser trazer seu telefone em um local visível, recomendamos escolher um suporte de guidão para smartphones que ofereça a maior segurança possível.

Luzes e elementos de visibilidade

Se você vai pedalar na estrada ou há qualquer possibilidade de sair à noite, é mais do que recomendado que você traga elementos de iluminação e visibilidade. Se você pedala à noite, eles deixam de ser recomendados para se tornarem essenciais e obrigatórios.

  • Para pedalar de dia, um conjunto de luzes será suficiente para nos tornar visíveis, mesmo durante o dia, especialmente a traseira.
  • Se pedalarmos à noite, teremos que completar o equipamento com um colete refletor, catadióptica dianteira e traseira , que são obrigatórios, mesmo se transportarmos luzes, e uma luz dianteira com potência suficiente para iluminar o terreno de forma autônoma.
Luzes

Neste vídeo, você tem todas as chaves para ficar visível ao andar de bicicleta e você pode encontrar uma ampla gama de luzes e elementos reflexivos em mammothbikes.com para garantir sua segurança.

Com estes 10 acessórios para os seus passeios de bicicleta, você garante a segurança e a solução das avarias e incidentes mais comuns. Mas é conveniente que aprenda a usar tudo em casa com tranquilidade e não espere para precisar em caso de emergência.

Você pode expandir as informações dos equipamentos básicos mencionados no início e todos os acessórios que vimos e mais alguns nos vídeos e artigos que detalhamos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar sobre este artigo.